DICAS ESSENCIAIS PARA FOTOGRAFAR SUAS PEÇAS

1
6855

Como Fotografar seu Artesanato – quando o assunto é vendas, é preciso ter atenção a diversos fatores que muitas vezes passam despercebidos. A fotografia da peça é um dos fatores que são CRUCIAIS na apresentação do seu trabalho e você pode estar certa que, ela determina a efetivação de uma venda.

E isso não é exagero. Ela realmente é fundamental e muitas artesãs ignoram esse detalhe. Uma peça pode estar linda e com um acabamento impecável porém, se a foto não for nítida e não chamar a atenção a pessoa não irá se impulsionar para comprá-la. Uma foto bem tirada faz uma enorme diferença, por isso, se você quer realmente se profissionalizar e vender deve investir seu tempo também na parte da fotografia do seu trabalho.

A fotografia é o primeiro contato que o cliente terá com o seu trabalho e a partir daí você terá despertado uma primeira impressão. Já diz o ditado que “a primeira impressão é a que fica” portanto, atente-se a isso. Como Fotografar seu Artesanato

E para quem pensa que para fazer boas fotografias é necessário exclusivamente ter uma câmera fotográfica profissional, está enganado. Ter uma boa câmera claro que, vai te ajudar e facilitar muitas as coisas porém, nem todos nós podemos ter acesso a esse recurso contudo, não desanime pois boas fotografias podem SIM serem tiradas sem necessariamente fazer uso de um equipamento profissional.  Para tanto, confira as dicas e orientações abaixo: Como Fotografar seu Artesanato

1 – Fundo (Estúdio Caseiro) – para uma fotografia ficar legal ela precisa contar com um fundo que combine com o objeto ou um fundo neutro. O ideal é que você tenha um espaço somente para fazer fotografias e isso você mesma pode fazer. Na internet existem inúmeros tutoriais que ensinam a fazer um mini estúdio caseiro forrando caixas de papelão com cartolina branca ou com papeis estampados da sua preferência.

Como Fotografar seu Artesanato

2 – Iluminação – esse fator é muito importante para que a fotografia seja boa. Junto ao seu mini estúdio será preciso ter lâmpadas, geralmente mais que uma, iluminando todos os ângulos. Para isso você pode usar essas luminárias de leitura que são práticas e transportáveis facilmente. Nunca use o recurso do flash para fotografar suas peças pois seu efeito não valoriza a fotografia nesse caso. A iluminação já serve justamente para que possamos dispensar o flash.

Gosto muito e inclusive recomendo fazer uso da luz do sol como fonte de iluminação indireta. Evite tirar suas fotos a noite pois não há luz natural e prefira fazer suas fotos em locais onde há mais iluminação.

3 – Itens Complementares – você também pode escolher usar objetos que combinem com o tema para dar o seu toque na foto. Peças de artesanato em feltro e tecido por exemplo, combinam muito com botões, fitas, alfinetes, tesouras, linhas que são itens que fazem parte da temática. Eu particularmente adoro fotografar minhas peças com botões e feltros compondo o cenário. Veja:

Use esses recursos pois eles costumam valorizar a sua fotografia. Só não abuse pois a mistura de tons e excesso de objetos pode acabar carregando demais a sua foto e tirar foco do que realmente importa que é a sua peça. Por isso tenha cuidado e atenção quanto ao uso dos itens complementares, okay?

Como Fotografar seu Artesanato

4 – Explore sua Câmera – seja ela câmera de celular ou digital elas sempre costumam vir com recursos configuráveis dos quais você pode estar utilizando para fotografar. Em minhas fotografias eu costumo usar com muita frequencia o ajuste da exposição, do iso e também balanços de brancos. Não vou explicar cada um dos itens aqui nessa postagem pois irá se tornar um texto muito longo porém, recomendo você pesquisar e conhecer um pouco mais esses recursos básicos das câmeras caso sua intenção seja aprimorar suas fotografias.

5 – Teste os Diferentes Ângulos – Ousadia é a palavra chave. Faça testes, explore os recursos, some, subtraia. Muitas vezes uma simples mudança do ângulo da peça faz toda a diferença. Fotografe de perto, fotografe com um pouco mais de distância. Da direita, esquerda, um pouco mais acima, um pouco mais para baixo, para baixo inclinado. Mude a peça de posição, enfim… Brinque com os ângulos, faça muitas fotos e depois selecione as melhores para fazer a sua escolha. Você notará que o ângulo é imprescindível!

6 – Editores de Imagens – Sim, será necessário você aderir a esse recurso nem que seja para efetuar ajustes básicos como balanço de cores, brilho, saturação, contraste, etc. Você não precisa ser uma expert em Photoshop para fazer ajustes necessários em suas fotos. Atualmente temos disponíveis para download gratuito bons programas de edição como por exemplo, o Photoscape. Esse programa é básico e simples, porém, muitas vezes é o suficiente.

Como Fotografar seu Artesanato

7 – Marca d’ Agua – Não parece importante mas é. A marca d’ água é a identidade do seu negócio que você vai colocar na foto. Essa identificação facilita para que seus clientes memorizem a sua marca e te encontrem com facilidade quando tentarem te localizar. Além de claro, evitar que outras pessoas façam uso de sua imagem indevidamente. Grandes marcas nunca deixam de expor nas fotos a sua marca. Existem inúmeros tutoriais na internet que ensinam a inserir a sua marca na foto com facilidade. No próprio Photoscape você consegue fazer. Não ignore esse recurso.

Finalizamos aqui as nossas orientações e acredito que, você as aplicando será o suficiente para você fazer fotos lindas e melhorar a apresentação dos seus trabalhos. Pode ser que com o tempo você sentirá a necessidade de adquirir uma câmera mais profissional pois ela vem munida de mais recursos para fazer fotografias profissionais. Porém, seguindo essas dicas você conseguirá tranquilamente fazer fotos satisfatórias exceto se, o recurso fotográfico que você ter acessível (câmera) for realmente de uma qualidade muito baixa. Se for o caso, recomendamos adquirir uma porém, não é necessário que ela seja profissional mas é imprescindível que tenha uma boa resolução e opções de ajustes variadas.

Espero ter contribuído com essas dicas e me despeço por aqui.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code